Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

Dica de patchwork - Cálculo de medidas para Triângulos

Aqui, coloque um quadrado sobre o outro.
 Trace uma linha na diagonal.
 Alfinete.
 Costure ao lado da linha traçada (nos dois lados da linha traçada), deixando a distância de um pé de máquina.
 Corte na linha traçada.
 Você obterá duas peças. Se for fazer somente um corte como este, deves aumentar na medida do quadrado 1,5cm.
 Coloque direito sobre direito.
 Trace uma linha na diagonal. Alfinete e costure deixando um pé de máquina, nos dois lados da linha traçada.
Corte na linha traçada e obterá este quadrado. Fácil e com as costuras perfeitas. Como foram feitos dois cortes, à medida foram acrescidos mais 1cm.

UMA HISTÓRIA

Sofia chegou à casa toda esbaforida e trêmula. Jogou-se no sofá na esperança de encontrar a calma necessária para pronunciar as palavras que explodiam em sua mente. Café, o gato amarelo, pulou em seu colo, subiu em seu tronco e aninhou-se em seu colo. Ela não chorou, buscava lágrimas, mas estava à procura de ouvidos que pudessem ouvir sua história. Café ronronou e ela entendeu que ele poderia ouvi-la. Só pronunciou seu nome e um "sabe querido" que emudeceu logo em seguida. “É complicado expressar o imaginário, sim porque o futuro faz parte do imaginário, do talvez, dos planos e da incerteza. Cada dia que se põe é um adeus, pois pode ser o último. Cada amanhecer, uma nova oportunidade de novamente se despedir quando o sol escurece no horizonte.” Sofia não tinha motivos para sentir a solidão ancorada na soleira da porta afinal existia Café e a sua mãe que voltava sempre à noitinha do trabalho na loja de departamentos. Os cabelos de sua mãe já branqueavam, entretanto seus olhos falava…

Era pra ser mas,

Era pra falar de amor
Amor à humanidade
ao próximo, ao vizinho
ao ser humano que passa
de carro, a pé, de bicicleta,
moto, de carroça,
Mas,
sempre existe um mas para apagar
pensamentos felizes.

Era pra falar de amor mas o "mas"
me impede e me faz encontrar
as pedras do caminho
os espinhos

Acho que não quero falar de amor!
Vou calar o silêncio
porque já é noite
e no sonho vou em viagem
de férias!
Helena Rosali