Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

Chuva

É tanto sentir que não cabe no coração tanto pensar que a cabeça para. Há um lugar pra mim dentro de mim? qual é o claro espaço de tempo que reclamo por existir. existem flores lá fora choveu e meu dia encheu-se de alegria. Sinto falta da chuva da água que escorre do telhado do barulho nas folhas das árvores da enchurrada que desce a rua como quem vai pra festa. Quando vem o sol e passa dias brilhando brilhando, brilhando sinto que é lindo e compartilho de sua alegria colorindo por todos os lados, mas sinto falta da chuva. É quando chove que vejo minha alma E percebo o quanto existo dentro das águas que caem E posso ser lágrimas e compartilhar com a chuva das águas que serão levadas ao incerto correr de enchurradas e ao doce dissipar-se no solo para inexistir quando voltar o sol. Se a chuva não vem fico à espera, angustiada por encontrar-me novamente nas águas, no perfume da terra molhada Na intensidade do vento que arremessa gotas de água na janel

A VIDA É UM SÓ DIA

Toda a nossa vida, que traduzimos em anos e meses é apenas um dia. Um dia de cinquenta anos e horas esquecidas. De tempos invisíveis, lágrimas muitos sorrisos. Pessoas que vieram e foram. Um dia tão cansativo que faz o olhar pensar em algo além da simples existência Das folhas que caem no outono eminente na cinza invernal do desabrochar cansado de uma primavera com flores iguais e o verão exaustivo de calor e frutas pelo chão. Um dia de cem anos um dia que muitos pensam ser possível adiar mas que sempre será um dia. Cada vida é um dia traduzido em horas, meses, anos e, no final é só um dia. Helena Rosali