Pular para o conteúdo principal

Festas da solidão

Pode ser que a solidão
pronuncie festas
em meus pensamentos
tão cansados,
como é cansado o mover das folhas
quando a intensa chuva
lhe envolve a existência.

Festas de saborear o doce
e cálido o sussurro da noite
entoando orações
de bons sonhos.

A solidão passeia pelas horas
sorrindo em lindas fantasias
coloridas de tempos perdidos
e flores, flores, flores plantadas.

Pode ser que a solidão
não amanheça no recôndito
da alma entardecida
e voe deixando as flores...
as flores plantadas.
Helena Rosali

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

PATCHWORK

Carteira matrioskas Panô de costura e chaveiro Bolsa vintage Panô de costura e chaveiro

NETINHO