domingo, 22 de janeiro de 2012

Trama da vida

Tenho andado com tantas costuras
que o tempo cobra de mim
mais linha para os alinhavos!

Choveu a noite inteira e dormir
foi um agradável frescor
de cantiga de chuva e música de vento.

De manhã café, pão e uma fruta
e as linhas entrelaçadas nas minhas pernas
me levam de volta às costuras.

Então eu costuro de tudo:
a vida, a dor, o sonho os planos falidos
o medo, a angústia e o amor
que em apliqué de coração fala
de um amanhã que eu não sei
que ninguém sabe!

É verão e é tudo verde.
Tem cheiro de fruta madura no pé
e no chão.
Tem abelha se ainda tem flor
e tem pássaro se madurou a fruta.

Tenho estado tão ocupada com minhas costuras
que percebo minha alma feita de retalhos
recompondo a vida que remendei errado
e costurando no tecido certo
o corte que recortei
e deixei de lado para quando tivesse
a estampa correta!
Helena Rosali



Nenhum comentário:

Postar um comentário